Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Aspas
 


Nunca me interessou saber

"E só me restam as palavras...
Quando o avesso de mim se faz direito,

Quando o avesso urge em meu silencio,

E em meu silêncio me faz silenciar,

Só me restam as palavras.


Quando as pessoas, em minha ansiedade, não mais me servem,

E os ponteiros do relógio pulsam o tempo cronológico que em mim em não mais acho;

Quando a ânsia nauseante de fonemas, frases e imagens jorra de mim

E se mostra a salvação de minha inquietude,

Só me restam as palavras.


Porque eu sempre começo a escrever da mesma forma que termino:

Sem saber.

Poesia, crônica, conto, reflexão,

Nunca soube o que escrevo,

Nunca me interessou saber."

(Setembro de 2011)



Escrito por Alana às 22h11
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]